ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

Filhote de baleia jubarte é encontrado morto em praia do Litoral Oeste do Ceará

 


Um filhote de baleia jubarte foi encontrado morto, na manhã desta segunda-feira (25), na praia de Morro dos Patos, em Itarema, no litoral oeste do Ceará. Ele tinha um corte no corpo que a Organização Não Governamental (ONG) Eco Icaraí acredita ter sido provocado por alguém que tentou retirar um pedaço do animal para usar como isca.

Porém, não se sabe ainda o que provocou a morte da baleia. A ONG Eco Icaraí soube que esse mesmo filhote, que é do sexo feminino, havia encalhado por volta das 12 horas deste domingo (24) na praia de Moitas, em Amontada, e devolvido vivo ao mar por bugueiros. No entanto, a atitude não é a mais adequada nesses casos (ver abaixo como proceder).

“Não podemos especular, mas, sendo um filhote, ainda não tem muita mobilidade na água e pode ter se perdido da mãe até encalhar na praia”, acredita a bióloga e coordenadora da ONG Eco Icaraí, Allana Cristina Araújo Carneiro.

A profissional informou ainda que uma equipe da Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis) foi acionada ainda nesta segunda para fazer a necropsia e a retirada do animal da praia. O local foi isolado com uma lona para evitar que o corpo se degradasse rapidamente.

ENCALHES

De acordo com o projeto Baleia Jubarte, no ano passado, foram registrados quase cem encalhes de animais da espécie na costa brasileira, a maioria em Santa Catarina, considerado "algo bastante atípico".

Normalmente, a temporada reprodutiva da espécie ocorre entre os meses de julho e novembro, quando elas vêm para o País acasalar e dar à luz os filhotes, que nascem com cerca de cinco metros.

O QUE FAZER AO ENCONTRAR ANIMAIS MARINHOS ENCALHADOS

Geralmente, a primeira atitude tomada por quem vê um animal marinho encalhado na praia é tentar devolvê-lo ao habitat. Entretanto, especialistas na área recomendam buscar imediatamente uma entidade especializada no resgate desses bichos, visto que é possível que eles não estejam em condições adequadas de saúde para se manter no mar.

"Não devemos devolver o animal ao mar, porque, se ele encalhou, significa que ele deve ter uma possível patologia. Quando esse animal encalha é porque ele já precisa de algum cuidado", explica a oceanógrafa Débora Melo, do Instituto Verdeluz, que resgata tartarugas marinhas no litoral de Fortaleza e Região Metropolitana.

Profissional vinculada a uma instituição que resgata animais marinhos analisa a jubarte encontrada morta.
Legenda: Entidades que resgatam animais marinhos é que podem fazer o manejo correto dos animais que encalham na praia.

A Aquasis, que atua no resgate de mamíferos marinhos, como baleias, botos, golfinhos e peixes-bois, reforça a recomendação: "Você acaba condenando esse filho a ficar desorientado ou até morrer", destaca o veterinário Vitor Carvalho, da associação.

Além de buscar os órgãos competentes, é recomendado cobrir os animais com panos úmidos ou guarda-sóis para evitar seu ressecamento fora d'água. 

JUBARTE

De nome científico Megaptera novaeangliae, a baleia jubarte é considerada uma das maiores que habitam os mares do planeta. Ela pode ter até 16 metros de comprimento e pesar cerca de 40 toneladas.

Segundo o projeto Baleia Jubarte, os animais são também "altamente migratórios", capazes de nadar por quase nove mil quilômetros (ida e volta) para acasalar, parir e amamentar seus filhotes.    

Filhote de baleia jubarte nada no mar.
Legenda: Baleias jubarte vêm à costa brasileira no período reprodutivo.
Foto: Shutterstock

SERVIÇO

Se encontrar um animal marinho encalhado, procure:

Instituto Verdeluz (resgate de tartarugas)
Telefone: (85) 98721-2426
Instagram: @institutoverdeluz

Aquasis (resgaste de mamíferos marinhos como botos, golfinhos, peixe-boi e baleias)
Telefone: (85) 99800-0109 (24 horas) ou 193



nanomag

Radialista Publicitario e Líder dos movimentos sociais.


0 thoughts on “Filhote de baleia jubarte é encontrado morto em praia do Litoral Oeste do Ceará

    Comente! Expresse sua opinião sobre o assunto ou sobre a dinâmica do site e nos ajude a evoluir!