ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

Cearense de Massapê passa 17 anos usando a identidade de menino morto em Camocim para fraudar benefícios do INSS

 


Foi no cemitério de Camocim, cidade do interior do Ceará, que Alecsander procurou por nomes de crianças que, se estivessem vivas, teriam uma idade semelhante à dele, adulto. Assim, ele assumiu a identidade de Elber Fabricio Mendes, nome com o qual ele viveria pelos próximos 17 anos.

Em novembro de 2017, a prisão de Elber Fabricio Mendes foi notícia. Junto com a segunda esposa, Elber foi preso por fraudar o INSS.

O casal se passava por outras pessoas para receber quatro benefícios e causou um prejuízo aos cofres públicos de mais de R$ 2 milhões. Os dois foram condenados. Mas só ele chegou a cumprir a pena em regime fechado. Depois de dois anos, Elber foi solto.

FONTE: Sobral Online



nanomag

Radialista Publicitario e Líder dos movimentos sociais.


0 thoughts on “Cearense de Massapê passa 17 anos usando a identidade de menino morto em Camocim para fraudar benefícios do INSS

    Comente! Expresse sua opinião sobre o assunto ou sobre a dinâmica do site e nos ajude a evoluir!