ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

Butantan diz que exportará doses da Coronavac se governo não indicar compra

 

O governo de São Paulo afirmou que irá exportar doses da CoronaVac caso o Ministério da Saúde não oficialize interesse em obter o imunizante para incluí-lo no Programa Nacional de Imunização. De acordo com o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, as 54 milhões de doses que seriam disponibilizadas ao governo federal serão enviadas aos países que têm acordo com o instituto.

“Nosso contrato com o Ministério da Saúde é de 46 milhões de doses, não temos contrato adicional. Mas ainda não tivemos nenhum aceno neste sentido”, disse Covas durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (27 jan.).

O governador João Doria afirmou ser “inacreditável” a hesitação do governo do presidente Jair Bolsonaro em obter a CoronaVac. “Não serão com 2 milhões de vacinas da AstraZeneca que vamos imunizar os brasileiros”, disse o governador.

Chamada de vacina chinesa por integrantes do governo federal, a CoronaVac, produzida em parceria com o laboratório chinês Sinovac, passou a ser considerada como opção de compra pelo Ministério da Saúde após o atraso na chegada das 2 milhões de doses vindas da Índia.

O governo federal esperou uma semana para receber a remessa, enquanto São Paulo já tinha iniciado a campanha de vacinação no estado.

FONTE | SBT NEWS



nanomag

Radialista Publicitario e Líder dos movimentos sociais.


0 thoughts on “Butantan diz que exportará doses da Coronavac se governo não indicar compra

    Comente! Expresse sua opinião sobre o assunto ou sobre a dinâmica do site e nos ajude a evoluir!