ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Search

Após desperdícios de Ciro, governo federal quer tirar CSN do comando da Transnordestina

Após desperdícios de Ciro, governo federal quer tirar CSN do comando da Transnordestina

Os desmandos da Companhia Sidurúrgica Nacional (CSN) sobre a transnordestina podem estar chegando ao fim. O governo feredal estuda decretar a caducidade da Parceria Público Privada (PPP) que dá à empresa o direito de construir e explorar a obra. A obra já custou mais de R$ 6,2 bilhões aos cofres públicos e apenas um terço dos 1.800 quilômetros previstos foi construído.
Até 2016, era Ciro Gomes (PDT) o responsável pela obra na Companhia. O ex-ministro tinha acesso ao Planalto e fazia lobby por recursos em Brasília. No entanto, sob o comando de Ciro, a transnordestina, prevista para ser entregue em 2010 ao custo de R$ 4,5 bilhões. O cearense foi demitido do cargo.
Somente em 2017, o governo federal já injetou mais de R$ 150 milhões na obra e espera a liberação do Tribunal de Contas da União para investir outros R$ 150 milhões. A nova previsão de entrega é para 2021, com custo total de R$ 11 bilhões.

Com informações do colunista Lauro Jardim (O Globo)



nanomag

Radialista Publicitario e Líder dos movimentos sociais.


0 thoughts on “Após desperdícios de Ciro, governo federal quer tirar CSN do comando da Transnordestina

    Comente! Expresse sua opinião sobre o assunto ou sobre a dinâmica do site e nos ajude a evoluir!